Billa Nanra: Uma História de Sucesso do Programa de Educação para a Paz

Billa Nanra compartilhará mais de sua experiência com o Programa de Educação para a Paz em 2 de junho, quando apresentar o webinar Expandindo a Esperança. O webinar apresentará um vídeo da reunião de Prem Rawat com ele e outros participantes do Programa de Educação para a Paz na Prisão HM de Leeds. Saiba mais e inscreva-se neste webinar gratuito aqui. 

 

A vida depois de “derrotar o dragão” é boa.

Em poucos anos, a vida de Billa Nanra mudou radicalmente. Ele passou de viciado em heroína e traficante, que estava preso, a facilitador e líder da paz. Nanra atribui essa mudança à sua participação no Programa de Educação para a Paz da Fundação Prem Rawat. Ele credita ao programa a transformação de sua perspectiva de vida e de si mesmo. O programa também o ajudou a largar um vício de 22 anos em heroína – o que ele chama de “derrotar o dragão”.

Agora, Nanra ajuda a facilitar o Programa de Educação para a Paz dentro e fora de sua antiga prisão. Seu compromisso em ajudar outras pessoas com o programa é tão forte que lhe rendeu o reconhecimento como ganhador do Prêmio de Voluntário do Ano da New Leaf Network no ano passado. Usando o que aprendeu e compartilhando sua experiência, ele está inspirando pessoas em todo o mundo. Nanra foi recentemente convidado a falar sobre sua experiência com o Programa de Educação para a Paz no 6º Congresso Mundial sobre Liberdade Condicional, em Haia, na Holanda. Como consequência de sua palestra nesse prestigiado congresso, um grande público foi apresentado ao programa.

Quatro anos atrás, ele nunca teria imaginado estar onde está hoje.

Nanra, de Bradford, Inglaterra, foi parar na prisão (HMP Leeds) depois que seu vício em drogas o levou a passar anos como traficante. Ele descreve a prisão como “um mundo escuro, escuro”.

 

A Luz na Escuridão

Em uma manhã na prisão, enquanto Nanra aguardava seu tratamento com metadona, ele descobriu o Programa de Educação para a Paz, que mudou sua vida.

“Vi um pôster do ‘Programa de Educação para a Paz’ que me chamou a atenção por algum motivo. Tinha palavras como paz, dignidade, força interior e pensei: ‘Vou querer um pouco disso’.”

Nanra diz que o programa mudou sua vida: “Eu tinha me esquecido como é viver”.

Sua vida começou a mudar profundamente depois de participar de um Programa de Educação para a Paz na prisão. O programa o tocou em um nível tão profundo que ele conseguiu reduzir o uso da metadona em dois ou três meses.

“Eu vinha tentando preencher esse buraco dentro de mim há muitos anos, e agora estou preenchendo-o com algo positivo, algo maravilhoso”, diz ele.

Agora, ele inspira outras pessoas que desejam encontrar um caminho para uma vida melhor fora da prisão.

Assista ao vídeo documentário abaixo, no qual Nanra compartilha sua experiência com o abuso de substâncias, o encarceramento e o Programa de Educação para a Paz.

 

A Vida Lá Fora

De acordo com Nanra, a vida na prisão é terrível, mas a vida fora dela, na sociedade convencional, também não é fácil. Ele admite que tem sido difícil encontrar trabalho devido ao seu registro criminal. Na maioria das vezes, as pessoas são cautelosas e não querem confiar em alguém que já esteve na prisão. Também não há muita ajuda. “As pessoas me dispensam”, diz ele.

Muitos que ainda estão presos compartilharam esse medo com Nanra. Esses homens se perguntam como sobreviverão “lá fora”. Eles se perguntam como sua família ou seus amigos vão reagir a eles. Além disso, eles se perguntam qual será o apoio financeiro que terão, se é que terão algum, enquanto lutam para encontrar trabalho. Sem apoio, pode ser tentador voltar ao estilo de vida que contribuiu para o encarceramento em primeiro lugar.

Uma pesquisa em destaque no Journal of Developmental and Life-Course Criminology observa que “o apoio social é um fator fundamental no processo de desistência”. Em outras palavras, o apoio contínuo da comunidade é necessário para ajudar a evitar que um ex-detento reincida.

Descobrindo o PEAK

Depois de sua libertação, Nanra teve dificuldades para se adaptar. Ele conta que os medos são baseados na realidade: ele não conseguia emprego e não tinha a confiança de sua família ou de outras pessoas da comunidade.

No início.

Com gratidão, Nanra atribui sua felicidade e estabilidade atuais ao Programa de Educação para a Paz, que ele experimentou pela primeira vez na prisão. Devido ao forte impacto emocional e psicológico que teve sobre ele, procurou se reconectar com o programa depois de ser libertado. Ele manteve contato com os facilitadores voluntários do programa e seguiu um palpite de que o programa poderia não ser apenas para a prisão… e ele estava certo.

Nanra também encontrou mais inspiração no Curso PEAK de Prem Rawat. Por meio do curso, ele aprendeu técnicas práticas diárias que o ajudam a se sentir ancorado, mesmo em meio aos desafios da vida.

 

Voltando para Dentro

Depois de encontrar trabalho ajudando o filho de um facilitador do programa que tem autismo, Nanra começou a se sentir mais confiante em relação ao que podia fazer e a quem podia ajudar. Mais importante ainda, ele começou a recuperar a confiança das pessoas ao seu redor.

O crédito, segundo ele, vai para a mudança de sua visão de si mesmo e dos outros. Além disso, a participação no Programa de Educação para a Paz incentivou sua autorreflexão e conscientização e o inspirou a querer ajudar as pessoas. Ele percebeu que o programa poderia beneficiar muitas outras pessoas que estão presas.

Então Nanra voltou à prisão. Dessa vez, como facilitador voluntário.

Nanra começou a trabalhar como voluntário três vezes por semana, facilitando o Programa de Educação para a Paz na HMP Leeds. Apesar de gostar de trabalhar como facilitador na prisão, ele aprecia a sensação de poder caminhar fora de seus muros depois. “Quando ando fora da prisão, sempre percebo como o ar é mais doce”, diz ele.

Embora os que ainda estão presos possam não desfrutar de liberdade por algum tempo, eles estão colhendo os benefícios do trabalho compassivo de Nanra.

“Eu não os julgo”, diz Nanra. “Eu digo a eles que me inspiro com eles tanto quanto eles se inspiram comigo.”

No entanto, ele compartilha uma observação: “O interessante é que você tem esses caras durões que dizem: ‘paz’? Eu não preciso de paz!” e, depois de cinco sessões, eles se tornam os maiores promotores do programa”.

 

O Progresso de um Programa

Não é de surpreender que, como ex-presidiário, Nanra seja um modelo maravilhoso para aqueles que estão lá dentro e desejam mudar suas vidas. Os participantes do programa se sentem à vontade para falar com ele, mas, como ele diz, “eu mantenho a realidade com eles”.

De fato, o número de pessoas que queriam participar do Programa de Educação para a Paz na HMP Leeds aumentou drasticamente após a primeira participação de Nanra. Inicialmente, o programa estava sendo facilitado em uma ala e depois foi expandido para seis alas da prisão.

Ainda mais inspirador é o que os participantes estão compartilhando sobre sua experiência com o programa.

Aqui estão os comentários de alguns detentos da ala Bravo da HMP Leeds:

“Ótimas sessões, aprendi coisas que me ajudarão no futuro. Isso me fez perceber que o que temos na vida é um presente e me fez pensar com mais sabedoria e entender melhor como vou usar meu tempo.”

“Eu indico o Billa para o Butler Trust Award (um prêmio por trabalho excepcional em um ambiente de justiça comunitária), pois ele tem me ajudado muito com este Programa de Educação para a Paz na prisão e tem feito um grande benefício para minha saúde mental. Continue com o excelente trabalho e muito obrigado – muito apreciado.”

“Tem sido muito bom. Ajudou-me a mudar uma linha de pensamentos violentos para uma linha mais positiva. Com pensamentos positivos, sou capaz de dar um passo atrás antes de reagir.”

“Estou participando do Programa de Educação para a Paz que a Billa vem realizando há algum tempo. Fico realmente ansioso pelas sessões de segunda-feira à tarde, pois elas têm me ajudado a organizar minha cabeça.”


Um Impacto Global

Suas experiências positivas são compartilhadas por um número crescente de participantes do programa em prisões de todo o mundo.

Uma abrangente avaliação de impacto em instalações prisionais de sete países, em quatro continentes, constatou que os workshops estão “tendo um efeito muito positivo sobre os participantes”. Os resultados mostraram melhorias de atitude, como um senso de capacitação e disposição para mudar, além de melhorias comportamentais, como maior controle da raiva e redução da violência.

A entrada principal da Prisão de Sua Majestade em Leeds, Inglaterra. O antigo edifício de pedra se assemelha a um castelo e apresenta uma porta de entrada de ferro verde.

Prisão de Sua Majestade em Leeds, Reino Unido

Encontrando Paz na Prisão

“O que importa é estar no momento – hoje. Porque é aí que você pode moldar e experimentar a vida. Mesmo na prisão.” – Billa Nanra

“Estar no momento” se tornou um mantra para Billa. Insights como esse, extraídos do Programa de Educação para a Paz, mantiveram Nanra concentrado na positividade. As paredes de uma prisão podem impedir que um corpo seja livre, mas não impedem que uma mente seja livre.

Em um evento inédito na HMP Leeds, Nanra teve a oportunidade de compartilhar suas percepções e o palco com uma das pessoas que mais contribuíram para mudar sua vida.

Prem Rawat, cujas palestras estão no centro do Programa de Educação para a Paz, foi convidado a falar na HMP Leeds em 26 de julho de 2023. Ele falou para um público composto por funcionários da prisão e detentos. A mensagem era que a paz pode ser vivenciada a qualquer momento e em qualquer lugar. O convite surgiu do desejo da equipe e dos participantes do programa de conhecer Prem Rawat, um educador para a paz de renome mundial.

 

Obrigado, Prem Rawat

Depois de sua experiência positiva, muitos participantes do programa quiseram agradecer a Prem Rawat e aos facilitadores pelo trabalho que mudou suas vidas. Um deles disse o seguinte:

“Desde que comecei o Programa (de Educação) para a Paz, comecei a ver o mundo de maneira diferente. Sempre vi minha vida como se estivesse meio vazia. Agora, depois de participar de seu curso, vejo-a como meio cheia. Por isso, gostaria de agradecer a você e aos voluntários, Prem Rawat.”

Na prisão, o programa teve 750 participantes até o momento. Como o programa está sendo implementado há 7 anos, muitos dados foram obtidos sobre sua eficácia. O vice-governador da prisão, Mark Scott, forneceu um feedback muito positivo. Os funcionários da prisão observaram que o programa não só trouxe melhorias para os detentos, mas também para toda a comunidade de Leeds.

No evento, Nanra, que havia preparado cuidadosamente um discurso, de repente se sentiu extremamente nervoso. Ele pediu conselhos a um organizador do evento. “Fale com o coração”, foi a resposta dada. Então, foi isso que Nanra fez. Não é de surpreender que o público tenha aprovado suas reflexões cruas e não afetadas sobre sua própria jornada rumo à paz e ao autoconhecimento.

Ainda mais satisfatório para Nanra foi poder entregar as perguntas dos participantes a Prem Rawat. Uma pergunta bem pensada foi a seguinte: “Como vou saber que encontrei a paz?”

Prem Rawat respondeu:

“Paz – é encontrar o lar. Paz é voltar para casa. Paz é encontrar você. Paz é encontrar aquela pequena luz que se acende na praia. E só de olhar para ela, você sabe que está seguro. E, às vezes, você está no meio da tempestade. Mas assim que você vê aquela luz, sabe que tudo ficará bem.”

 

Interesse Internacional

A história inspiradora que Nanra compartilha está tendo alcance internacional. Nanra fez apresentações do Programa de Educação para a Paz tanto no formato virtual quanto no presencial. Como resultado de um workshop para a Alberta Correctional Education Association (ACEA), 11 professores e supervisores se inscreveram no curso.

Mais recentemente, Nanra foi entrevistado no palco do 6º Congresso Mundial sobre Liberdade Condicional, em Haia, na Holanda. A entrevista atraiu uma multidão e despertou o interesse no Programa de Educação para a Paz de líderes de liberdade condicional e liberdade provisória de vários países.

Ouça Nanra compartilhar suas experiências e assista ao vídeo de estreia do evento de Prem Rawat na HM Prison Leeds inscrevendo-se no webinar Expandindo a Esperança de 2 de junho: Saiba mais e inscreva-se neste webinar gratuito aqui.

 

Billa Nanra veste uma camiseta preta com uma citação de Prem Rawat: Você se torna bom naquilo que pratica.

O Futuro é muito Brilhante

“Eu só quero ser feliz”, diz Nanra, que está livre da heroína há seis anos.

Parte dessa felicidade vem da facilitação do Programa de Educação para a Paz para ajudar outras pessoas a superar o abuso de substâncias e desafios semelhantes que ele enfrentou. O podcast que ele criou como outra plataforma para compartilhar sua história está se conectando com pessoas de todo o mundo em busca de orientação e esperança. Sua honestidade e humildade cruas ao falar sobre sua jornada pessoal estão rompendo barreiras. É útil para pessoas que, metaforicamente, já estiveram onde ele esteve. Além disso, o podcast oferece percepções valiosas que servem de alimento para a reflexão da população em geral.

Ouça o podcast de áudio de Nanra aqui: “Como Derrotei o Dragão: Billa Nanra”.

Nanra está animado para continuar com seus podcasts, nos quais planeja entrevistar outras pessoas que já estiveram presas e que participaram do Programa de Educação para a Paz enquanto estavam na prisão. Ele também está pensando em uma série de podcasts “Derrotando o Dragão – Parte 2”, que fornecerá atualizações sobre sua jornada, elucidando os desafios, os sucessos e tudo o mais.

 

Billa Nanra gives the peace sign with his hands while showing the back of his T-shirt which has the word

Billa faz o sinal da paz

FATOS DIVERTIDOS:

  • Seu avô o apelidou de “Billa”, que se traduz aproximadamente como “Tomcat”
  • Ele está noivo e vai se casar em breve
  • Sua música motivacional: Disco dos anos 80 (especialmente sucessos de Sylvester) e música ao vivo
  • Ele torce para o Manchester United Football Club
  • Billa fala hindi, punjabi e inglês
  • Ele usa “Namaskar” (um significado mais profundo) e não “Namaste” (mais casual) para cumprimentos

 

FacebooktwitterredditpinterestlinkedinmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Artigos Recentes

Artigos por Categoria

A Guidestar e a Charity Navigator atribuem à TPRF as classificações mais altas em transparência, responsabilidade financeira e liderança.

candid platinum transparency award 2024